Arquivo mensais:Janeiro 2012

A lei da palmanda vai vingar Lá no Frai?

A lei da “palmada” pode não afetar Fraiburgo. Lá no Frai ninguém nunca usou a palavra “palmada”, talvez até alguém tenha um dicionário Aurélio com ela, mas o fato é até o momento continua sendo uma coisa amplamente desconhecida.  Em vista disso, seguem as expressões mais próximas que usamos na laçoterapia dos piá bardoso:

“Vai já pro laço e/ou varinha”

 “O pau pega e não alivia”

“vai pra cinta”

“olha o chinelo”

“Te passo o chinelo já”

“Tapa na bunda”

E assim vai. No geral todas funcionam bem, tanto que aprendi a ler e a escrever :). Abaixo são mais algumas contribuições dos entusiasmados colaboradores fraiburguenses:

Agora fica a pergunta para reflexão, o Brasil não teria coisas mais importantes para discutir e decidir do que essa lei?

Análise arquitetônica comparativa – Um estudo de caso

Devido a imponência e repercussão do caso do vespeiro de Fraiburgo, a equipe de consultores do “Lá no Frai” realizou uma análise comparativa desta obra magnífica em relação as construções tradicionais feitas por vespas não fraiburguenses. O objetivo deste post é trazer os resultados de forma tabelada.

A análise constitui-se de um estudo aprofundado da organização espacial, localização, adequação volumétrica, ensejos arquitetônicos nas pespectivas social e econômica. Como subsídio, temos relatos dos moradores, registros fotográficos, croquis da planta baixa, anúncios de jornal e a reconstrução virtual 3d das obras. Abaixo os resultados da versão 1.2:

 Vespeiro

Wasp Nest

Tradicional

Lá no Frai

Estilo / Style

Comunista feudal.
Lema = “O dinheiro da origem a vida” Communist feudalist – Moto = “Money originates life”
Barroco-Fraiburgo-renacentista neo-clássico fortemente baseado no post já públicado aqui no blog em os “princípios arquitetônicos de Fraiburgo“. Caracterizado pela transição do feudalismo para o capitalismo vespônico baseado na cultura da maçã.Lema = “A vida da origem ao dinheiro” Baroque-Fraiburguese-Renascentist based on the already published post “lá no frai” architectonic principles . It is characterized by the transition of feudal communist to Fraiburguese honet capitalism based apple culture. Moto = “Life originates money”

Tamanho
Size

Pequeno / Small Graúdo / Large

Espécie dos arquitetos

Architects specimen

Vespas / Hornets
Tchô Quenorris Vespenious Vociferous des Fraiburgous operandis

Localização /

Localization

Qualquer lugar / Anywhere Fraiburgo (Área nobre do oeste do universo). De frente POMAR e com fácil acesso ao lago das araucárias. In Fraiburgo a Noble area in the west of the universe near by the “Araucárias’ Lake”.

Características

Characteristics

  • Modelo básico sem itens opcionais como espelho retrovisor direito, tapetes, extintor e motor.
  • Somente na cor cinza desbotado.
  • Internet discada depois da meia noite
  • Sem áreas de lazer
  • Sem janelas, elevadores, sacadas e outras frescuras.
  • Áreas de uso comum (todas)
  • Estacionamento rotativo descoberto.
  • Basic model without optional items like right side mirror, carpets, fire extinguisher and engine.
  • Available only in faded gray.
  • Internet dial up from after midnight to 6 A.M.
  • No recreational areas
  • No windows, balconies or other useless facilities.
  • Common areas (everything shared)
  • Parking uncovered.
  • Modelo completo + turbo, Air-bags direção hidráulica.
  • Disponível nas cores amarelo, vermelho fosforescente, rosa choque e azul calcinha sempre que for necessário se diferenciar das obras vizinhas.
  • Guarita de acesso
  • Uma quadra poliesportiva, hidromassagem (jacuzzi), sauna molhada e seca para cada apartamento.
  • Piscina aquecida coberta
  • Espaço gourmet
  • Salão multiuso
  • Brinquedoteca
  • Adega
  • Fitness
  • Sala para artes marciais e danças
  • Internet 24 fibra ótica
  • Fonte com jatos recreativos
  • Solarium
  • Segurança 24 horas
  • Sala de cinema
  • Um sacada para cada cômodo. Ex. sacada cozinha, do banheiros, da dispensa. Obs. Em Fraiburgo 99% das sacadas não são utilizadas pelo clima frio. Ainda não se sabe o que se passava na cabeça dos arquitetos.
  • Elevadores elevadores multi-dimensionais.
  • Garagem coberta individual.
  • Heliponto individual.
  • Aeroporto individual.
  • Sistema de saneamento básico completo. Ver a foto.
  • Full range + turbo, Air-bags power steering.
  • Available in yellow, fluorescent red, pink and blue panties whenever necessary to differentiate from the works nearby Fraiburguese.
  • Check points for access.
  • A sports court, whirlpool (Jacuzzi), Wet and dry sauna for each apartment.
  • Multi-dimentional elevators.
  • Indoor heated pool
  • Gourmet
  • Multipurpose hall
  • Toybrary
  • Gym
  • Room for martial arts and dance.
  • Internet 24×7 Fiber Optic Internet
  • Solarium
  • Cinema
  • A balcony for each room. Ex kitchen balcony , bathrooms balcony and so forth. Note that in Fraiburgo In 99% of the balconies are not used by cold weather. Why is that? I don’t know yet but it is a fact.
  • Individual garage
  • Helipad
  • Airport
  • Complete sanitation system. See fotos.

Seguem mais algumas fotos. Mais informações clique aqui.


O Dialeto Fraiburguês 02

Uma vez que o forasteiro tenha aprendido e incorporado o dialeto Fraiburguês, este passará a perceber o seu mundo de uma maneira diferente, mais apurada, abrangente e precisa. Por padrão, todo Fraiburguense quando sai do Frai acaba notando a falta de precisão dos outros povos e esta seja talvez uma das grandes vantagens competitivas dentro e fora do país. Além disso, como muitas expressões são extremamente regionalizadas ao longo do país eles acabam aprendendo novas expressões dos lugares que perambulam, incrementando ainda mais sua avassaladora envergadura cultural-vocabular :).

Abaixo está uma pequena amostra do que foi elucidado anteriormente seguido de mais comentários:

Gritedo  = Substantivo que pode ser aberto, uma vociferação ou um berreiro (em Fraiburguês = berredo), gritaria, algazarra, barulhada, alarme, escarcéu. Ex. “Mas HOME tentei 3 veiz  í  lá na casa dela. Na úrtima veiz, uma véia do djanho abriu um gritedo por causa da minha bota embarrada, dzulivre tcho”.

Um táio = Uma fenda, abertura, descontinuidade, rasgo, rombo, lacuna, fissura, brecha, recorte.  Ex. “Você tinha que tê visto o tamanho do taío na perna do miserável”, “Ele levou um pacote quando tava de bici e abriu um táio na testa”. “Hoje vamo come pão com táio” (Sugestão – Jaqueline Nezi).

Lá no Frai assim – segundo ano / La no Frai second year

Senhoras e senhores,

Bem vindos ao segundo ano do projeto “Lá no Frai é assim”, um projeto de recursos limitados que busca entender quem, quando, como e onde é Fraiburgo, uma cidade muitas vezes confundida com é Nova Friburgo (RJ), Friburg (Suíça), Freiburg (Alemanha). Fraiburgo tem sua matriz cultural bastante própria baseada na diversidade dos diferentes povos que por lá passaram, moldando assim o destino da cidade. Os seus esforços, de uma maneira ou outra, são a principal fonte de inspiração desse trabalho que tem tido a colaboração de inúmeras pessoas que, em retribuição, compartilham material ideias e curtem os posts no facebook. Tenho sempre tentado atribuir os créditos corretamente, espero não ter falhado. No Facebook foi criado um segundo e terceiro álbuns separando as questões dialetais do Fraiburguês e as demais fotos do primeiro e segundo ano. Aqui no blog as coisas continuam sendo misturadas como num grande caldeirão :). Os leitores podem acompanhar as novidades em primeira mão cadastrando seu e-mail no botão ao lado “seguir o blog”. Por hora é isso, segue a última foto de 2011 do querido “Castelinho” e seu filhote o “Castelinhoinho”.

Ladies em gentleman,

Welcome to the second year of the “La no Frai” project, Fraiburgo a place to be discovered. This is a blog that seeks to define in two language what, how, why, when, where is Fraiburgo and its people, culture and stereotypes. Fraiburgo, which is not Nova Friburgo (RJ), Friburg (Switzerland), Freiburg (Germany), not even gaucho, has its own cultural existence which is based on the different ideas and hard work of different peoples that have left their contribution to shape the destiny of the city. Their live endeavours are the main source of expiration to this project which has received loads of contributions from the readers. On facebook I have made some changes, but what matters is that all material is located here. There is a chance to receive all e-mail notification of new posts by adding your e-mail on buttom “follow the blog” next. That’s it for now. Bellow is the cute French style so called “Little castle” and its son “Little boy-castle” right next to the impotent Araucária pine trees.