Conversa da família Quenorris no dia das crianças em Fraiburgo…

Antes do aRmoço Tchô Quenorris abraça seu tchozinho e diz: 

– Tchozinho, feliz dia dos tchozinhos!

Sem reposta, dá uma negaciada dentro da bulica dos zóio do piá e pergunta..

– Mas piá do céu, porque tá beiçudo desse jeito piá? Hoje é dia de fica facero…

Tchozinho responde até meio que quase totalmente desacorçoadinho…

– Pois é néh, é dia de fica faceiro, mas nem ganhei nada hoje…

Tchô Quenorris  retruca perguntando…

– Como assim que não ganhou nada? 

– Tava vendo aqui no facebook que os piá tudo ganharam presente e eu não.

– É verdade, mas vou te pergunta pra você um negócio bem sério e aí me digue o que é você acha… 

Tchozinho balança a muringa em sinal afirmação. 

–  Arguém dos teus amiguinhos taco hoje no facebooki alguma foto da casa deles, do cobertor que eles dormiram hoje ou da comida que eles vão comer  de meio dia? 

– Pouzóia, pior que não! 

– Então tchozinho…

– Então o que? 

– Então que eu te dei tudo isso e até um abraço apertado e você nem me deu valor…

– Ah paiê pare! Isso aí é normal neh?

– Tchozinho, me escuite bem! Isso que eu te dei hoje não é normal…nem todos os tchozinhos ganham essas coisas que você já ganhô…pense um poco piá!  Óie de triste que ia sê se eu não tivesse aqui pra conversá com você e te dá um abraço! – Ai paiê, que exagerado que você é, assim você me deixa triste…

– Piá quem tá te deixando desacorçoado não sô eu. Quem tá de fulia é essa droga de facebooki! Eu to aqui pra te fazer feliz, pra garanti que você possa comer bastante e ficar bardoso depois do almoço, pra que você vá joga bola com a piazada na escola e blablabla. Você me entende agora?

– Mais ou menos, tô confuso…você tá querendo dizer que o feicebooki é do djanho? 

– Não piá! o feice até que nem tanto que nem a caipora da TV, o que é do djanho é quando a gente se perde na bagunça que eles fazem com a cabeça da gente. Eles adoram desregular nossa expectativa da vida… 

– Ixi não sei de nada mais nessa vida! – Tchozinho, você é muito novo pra falar assim da vida!  

– Mazéque não sei que faze agora, se vô posta alguma coisa no face…

– Se acarmege piá que eu eu vô te ajudá táh… A gente vai come agora essa comidinha gostosa que tá na mesa, depois vamo tirá uma paia lá em baixo do butiero, vamo da uma caminhada no lago, vamo conversa um monte e não vamo tirá nenhuma foto pra colocar em lugar nenhum tá bom? 

– Tá bão então paiê…tô melhor agora…vamo se taca na comida já? 

– Não, ainda não tchozinho…tem mais uma coisa importante.

– Tá digue então, mas ligero que to cum fome..

– Quantos anos você tem tchozinho? 

– 7 anos porque? 

– Porque esse abraço que vou te dar agora demorou mais de 7 anos pra acontecê…

O Pai e filho mais fortes do oeste do universo se abraçam e choram…

E assim foi o dia das crianças mais emocionante da família Quenorris até hoje 

Fim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *