Arquivo mensais:Abril 2013

Atividade vulcânica Lá no Frai vs nos USA

Tchozedo que gosta do Frai, segue mais uma comparação da nossa existência. Agradecimento especial à fotógrafa Iole Dahmer que tirou essa foto do lago bem cedinho no inverno do ano passado.

A little comparison between the USA and Fraiburgo, many thanks to Iole Damer who took the Brazilian picture.

Composição Joni Hoppen 27/03/2013

“Acordei o tchozinho tão cedo hoje que quando pulo da cama parecia um passarinho que caiu do ninho. Daqui a poco ele termina de fazer os tema de inglês, esse é meu piá véio”

Mensagem enviada por Tchô Quenorris via Ipad (Morro do Bugio) 27/04/2013

Impressionante “Good morning glory” em Fraiburgo

Coisas incríveis que acontecem no Frai!  Texto de Edelcio Lopes de Videira, um tchô que está constantemente descrevendo as coisaradinhas da região no facebook –http://www.facebook.com/edelciolopess – Agradecimentos ao Guilherme por ter compartilhado está maravilha.

Ontem, no final da tarde, uma grande nuvem circundou o céu de Videira e da região. Pareciam geleiras. Fotos de vários ângulos registraram o fenômeno, supostamente nunca antes visto por aqui. Durou pouco e logo a nuvem se espedaçou. Seria uma Morning Glory? As nuvens Morning Glory são raríssimas no mundo. Isto porque sua formação requer condições muito especiais, não encontradas facilmente em nosso planeta. Essas nuvens podem ter desde um par de quilômetros até 1500 quilometros de comprimento.Uma Morning Glory se forma como uma “pororoca”, em que o rio é represado pela maré cheia até que o equilíbrio se rompe e uma onda é formada. No caso da Morning Glory, ela se forma quando uma massa quente de ar tropical descendo do Equador para latitudes baixas encontra uma massa fria e não consegue transpô-la. A pressão se acumula no lado quente, e uma barreira estática de nuvem é formada.

 

Edição projeto

Conversa na família Quenorris (18/04/2013)

– Paiê, inóspito é um lugar que não tem hospital? 

Resposta

– Craro tchozinho, inóspito é um locar que não tem hospital. Acho que é tamém um lugar que seje muito caipora de frio. Por exemplo, Fraiburgo é um lugar inóspito, não tem hospital e é lazarento de frio…Diacumpoco vão conserta o hospital ai vai se só frio mesmo…

– AHHH assim tá bão, entendi agora!

Conversa na família Quenorris (17/04/2013)

– Paiê, os piá de tudaescola tão me cornetiando por causa do que você falô na rádio. Você não fica com vergonha de desse teu palavriado e sotaque?

– Óia Tchozinho, teu avô me ensinô a cria os bixo sorto e pega os porco pela oreia com esse palavriado nunca passemo fome. Sempre vivemo em paz e nunca roubamos nada de ninguém. Diansim porque que eu vo te vergonha de sê assim? pergunte pra um norte americano se ele não tem vergonha de falá enrolado e de invadir o país dos outro…pergunte pra um francês se ele não tem vergonha de fazer biquinho pra falá? Pergunte pros teus amiguinhos corneteiro se eles sabem o que significa “oreia seca”! A gente só é que a gente é tchozinho, os outros são os que os outros são entendeu?

– Ahh bão, não entendi…mas um dia eu entendê…

Rádio de Fraiburgo faz entrevista exclusiva com Tchô Quenorris na ExpoFrai

– Então Tchô, o que está achando da ExpoFrai?

– Puzóie, tá do tipo! Dei uma campiada por aqui e por ali e quage que comprei um ternero pro tchozinho dar umas laçada lá em casa. Só que dai na hora do brique final vi que o miseráve do animar tava com churriu, já penso? dei uma carculejada e cheguei a conclusão desse jeito não ia da pra dexá o bicho daquele jeito drento do apartamento. Dai cancelei o brique na hora. De certo que no ano que vem a gente compra um outro só que dai bão dai!

– Ok senhor Tchô, muito obrigado pela sua participação! É uma honra jaguara poder falar com você pessoalmente e transmitir sua visão de mundo para a comunidade tão carente por informação de qualidade!