Arquivos da categoria: Fotos Históricas

Hotel do Arcoiris

Caros tchozinhos e tchozinas do super Frai!

Ontem, abri o celular e havia pelo menos uns 90 mensagens com vídeos do incêndio do Hotel BIZ (anexo ao hotel Renar). O celular estava quase travando! Obrigado pelas marcações e envios!

Bom, como falamos no Frai, quando algo é perigoso ou tenso, dizemos – Bah tchô foi bixo feio o negócio! No caso do hotel foi mesmo, mas como já comentei neste artigo –  A difícil arte de promover Fraiburgo  – não vou colocar nada daquelas imagens. Com isso resolvi fazer o inverso e regatei uma das capturas mais bonitas que já vi do Hotel.

Esta linda captura foi em novembro de 2014 e tirada pelo Fabiano Godoy Fabiciack. Um verdadeiro presente, aos olhos, ao espirito e ao orgulho de ser do Frai! Não tá morto quem peleia!

Um abracito a todos vocês jaguarinhus, o Frai vai recolher todos os butiá que se jogaram dos bolsos ontem!

Hotel Renar com arcoíris ao fundo. Por- Fabiano Godoy Fabiciack

Conhecendo o Radar de Fraiburgo

Galeritchos,

Fraiburgo tem algumas tecnologias que tiveram grande impacto nem nossas vidas e na vida de suas bilhares de maçãs. Uma delas é a previsão de granizo através do radar lá dos lados de Lebom Régis.

Para os pessoal que viveu no início dos anos 90, deve lembrar muito bem dos foguetes que explodiam acima das nuvens. Era uma gerra declarada contra a natureza. A história completa está neste vídeo extremamente bem feito pela super equipe da TV Tchô!

Em uma das oportunidades em Fraiburgo tive a oportunidade de conhecer a família do senhor Valeri que foi fundamental na implementação das tecnologias – Neste artigo estão as entrevistas – Um pouco da Russia Lá no Frai.

Parabéns a toda equipe da TV Tchô! Esperamos que mais e mais documentários da nossa região aconteçam, até no futuro vamos desenvolver algo em inglês para contar nossa história fora do país, seria uma ótima!

Greetings Lá no Frai!

 

Pequenos fatos da jovem Fraiburgo

Oi Tchozinhos e Tchozinhas,

Urtimamente as coisas andam bastante corridas, com muitas transformações na vida pessoal e profissional, mesmo assim, quando sobra um tempinho ainda ei de postar mais coisas topinhas sobre a jaguarinha da cidade de Fraiburgo.

Viu, então aí vai umas fotos que encontrei aqui em casa e que foram pelo meu pai, o seu Vadico da Artecouro. Para quem viveu esses anos, são imagens de grande valor, mas para os demais também!

Bueno, como recomendação a todos os interessados na preservação da história da cidade, segue aqui o link do grupo de facebook com o maior repositório de fotos antigas do Frai, vale a pena dar uma negaciada firme!

Este é o link – https://www.facebook.com/groups/1642951382592433/

Um forte abraço e saudações Tchozinhas!

Desenhos do passado

O senhor Otto Hoppen, tinha a coragem de tirar fotos aéreas na região na década de 70, após a revelação, coloria manualmente as fotos. Este é o antigo escritório da Renar na frente do Fraiburguense. Além disso fica a percepção da vasta influência alemã na cultura e na arquitetura da cidade. Imagem para a história da cidade.

Atualmente esta obra pode ser encontrada na casa da cultura.

Autor revelado

Tchozinhos e tchozinhas,

Boa noite, depois de toda polêmica. Fiquei muito feliz em descobrir finalmente o autor das fotos da geada no Lago das Araucárias. Uma curiosidade pessoal minha de anos. Seu nome é Marcos Alves Scofield. Fiz todo o possível para ter certeza do material e evitar mais bolor. As provas foram bastante convincentes, tanto do aspecto técnico como das argumentações e até o conhecimento que tenho das câmeras Sony.

Se alguém tiver mais alguma dúvida ou qualquer ou coisa relacionada aos fatos, eu largo a toalha, não curti de ser juiz nessa situação toda, não tive intenção nenhuma de denegrir nenhuma imagem, mas sim atrelar o crédito corretamente à pessoa certa e que se manteve em silêncio todos esses anos. Foi com a ajuda da galerinha do seguidora do blog que isso se tornou possível. Importante salientar que é o fato de que são tantas pessoas que tiram fotos no lago que às vezes os resultados podem ser parecidos, enganos acontecem, uma boa gestão das fotos e pelo menos 2 backups são sempre uma boa recomendação.

Aprendi com este episódio semi jurídico que na área de direito “não existe vácuo”. Isso vai ao encontro do que já senti muito quando vim morar para Florianópolis, lugar onde as pessoas pensam mais nos seus direitos do que seus deveres. Sempre senti que no Frai as pessoas comuns tendem a se preocupar mais com suas obrigações do que seus direitos. Talvez esteja errado, mas é o sentimento que prevalece desde de sempre em minha vida.

Sinceramente, acho que as autoridades de Fraiburgo deveriam dar um prêmio por essas obras, sem elas este blog não teria existido, eu não teria feitos vários amigos no exterior e o Frai não teria tido o impacto que teve no mundo cibernético nos últimos anos. Temos que apostar mais em nossas obras que compõe o patrimonial intangível de nossa região.

Bom é isso! Viramos a página e vamos aproveitar as super fotos. Fica sinceros meus parabéns ao Marcos! Obrigado de verdade por ter acordado cedo naquele Frio caiporinha do Frai, ter compartilhado esses momentos que viajaram o mundo e sobre tudo por ter guardado todos os arquivos com zelo. Além das fotos abaixo – seguem estas no Facebook – https://www.facebook.com/marcosalves.scofield/media_set?set=a.313528972445408.1073741832.100013649226077&type=3&comment_id=313530605778578&notif_t=comment_mention&notif_id=1501206616324315

 

 

 

Trepado no palanque

Segue uma foto tirada no Taquaruçu, na minha primeira visita. Surpreso pela linda demonstração do comportamento tchozino, simplemente um show, não sei como ele trepo lá, mas tava lá o jaguarinha esperando os amigos pra festa da igreja! Fotos e fatos do Frai 🙂
Que outras gerações consigam explicar!

Jon Hoppen

Joni Hoppen

Casa popular

Eu gostei da transformação e do capricho que deram em casas conhecidas como casas populares. Segundo o filósofo Emanuel Kant a noção de forma, beleza e justiça já vem de dentro da gente. Isso explica mais ou menos como algumas regiões se desenvolvem de forma tão diferente mesmo sob as mesmas leis e regras.

Joni Hoppen

Joni Hoppen