Arquivo mensais:maio 2013

Comunicado

Tchozinhos e tchozinhas,
Queriamos agradecer a todos pela enxurrada de acessos das últimas semanas e por nos acompanhar nessa viagem multifacetada “lá no frai” rumo a economia do conhecimento. Como acreditamos que Fraiburgo e as cidades da região não têm alternativas se não embarcar na onda das cidades inteligentes, segue um video de uma ideia tchozina desenvolvida em parceria com o Nossa Caçador visando mudanças culturais para otimização dos nossos recursos (econômicos e ambientais). Isso somente será possível o uso intensivo tecnologias de informação e consenso popular. Lamentamos profundamente algumas ideias que surgiram durante a semana nas redes sociais comentando sobre investimentos públicos (dinheiro do hospital, da escola, da estrada) em times profissionais de futebol, caso isso ocorra novamente na cidade é provável que descontinuaremos o “Lá no Frai” por falta de recursos, neste caso motivação.

Um grande abraço e ótima semana a todos.
Joni

 

[https://www.youtube.com/watch?v=YDiFDQRbE8s]

 

Novo verbo tchozino “Bonitiá” Ex. Conversa na família Quenorris (10/05/2013)

– Tchozinho pare de fica ai “bonitiando” no facebook e vá ligero faze os tema de inglês! Peque os livro e carque ficha!

Uma das fotos mais bonitas de Fraiburgo / One of the most beautiful pictures of Fraiburgo

Uma das fotos mais bonitas do inverno do Frai! Os banquinhos redondos (históricos) que marcaram uma boa parte da minha infância e de muitos outros infelizmente deram lugar um lindo estacionamento, mesmo assim o hotel continua lá e hoje as árvores estão gigantes. O lago sempre bonitão! 

Inaugurado no dia 31 de julho de 1981, o Hotel Renar – empreendimento das famílias Frey e Ziolkowski – inicialmente oferece 40 apartamentos. O empreendimento era um sonho de René Frey que acreditava que o hotel era vital para desenvolver o potencial turístico de Fraiburgo, para gerar negócios sustentáveis, empregos para os cidadãos e trazer divisas para a cidade apoiando-se simplesmente na beleza dos pomares da região. Fraiburgo já se tornara a Terra da Maçã e havia todo um potencial a ser explorado: floradas das macieiras na primavera, os pomares repletos de frutos no tempo da colheita e uma infinidade de produtos derivados. O hotel está situado numa área de 140.000 metros quadrados, no alto de uma pequena colina e diante do Lago das Araucárias, a arquitetura é foi inspirada no estilo alpino-germânico.

 Informações do livro – Fraiburgo Marcos da História da autora Gerda Maria Frey Ziolkowski.

Atenção: Buscamos o nome do autor desse disparado histórico. 

Founded on the 31st july of 1981, the Renar Hotel – a joint venture of the Frey and Ziolkowski families – initially offered 40 rooms. This venture was the dream of René Frey, who firmly believed that this hotel would be pivotal for developing the turistic potential of Fraiburgo, bringing sustainable businesses, employment to its citizens, and expending the city’s economic horizons, which in turn presented beautiful landscapes of apple plantations. At this time Fraiburgo was already the land of apples and there was still plenty of potential to be explored in other areas related to the apple s’ production life cycle. The building is located in an area of 140.000 square meters, facing the Araucarias’ Lake. Its architecture is inspired on the alpine-Germanic style.

Source: Fraiburgo Marcos da História da autora Gerda Maria Frey Ziolkowski – Book.

Translation – Joni Hoppen dos Santos.

Screen Shot 2013-05-08 at 9.35.32 PM

Aula de hoje  – Substantivos comuns.

O chupim pode ser utilizado de várias formas. Seguem alguns exemplos.
1 – É assim mesmo, sempre tem uns chupin no meio.
2 – Mas largue mão de cê chupin…seu chupinzão.
3 – É um chupim véio.
4 – Óh aquele ali é um chupim (as vezes indicando o passarinho que bota ovo no ninho dos outros)

Screen Shot 2013-05-06 at 10.48.37 PM