Arquivo da tag: história

Um pouco da Rússia Lá no Frai

Boa noite tchozinhos e tchozinhas,

Aqui segue uma singela homenagem do Lá no Frai ao senhor Valeri.

A entrevista ocorreu em 2012 em sua casa. Espero que seu trabalho, sua coragem e experiência de vida relatados no vídeo possam inspirar as novas gerações a viajarem e conhecerem outras culturas, outras línguas e a valorizar o que temos aqui.

Senhor Valeri e família, Obrigado por terem acreditado em nosso país e nossa cidade. Somos muito gratos! Profundamente gratos!

14470650_1175951109136206_2579703599437853659_n

 

 

Surpresas aleatórias do Frai

Tchozinho(s), uma revolução está acontecendo, separem todas suas fotos históricas de Fraiburgo e compartilhem no grupo que foi lançado chamado museu virtual de Fraiburgo – Cada nova foto uma surpresa de coisas na nossa vida, da nossa cidade e da nossa cultura. Muitas fotos de valor histórico já estão sendo compartilhadas e consumidas por todos, uma super iniciativa do Tchô Júlio Modena, mega apoiado pelo Lá no Frai. Segue o link do grupo do facebookinho. Sejam bem vindos ao Fraiburgo – Fotos e Fatos, o museu digital colaborativo tchozino! https://www.facebook.com/groups/1642951382592433/

Foto panorâmica da história / The remarkable past

Dear Friends, Galeritchos

Clique na foto para aumentar – Foto cedida por – Tyno Fotografias – Autor ainda desconhecido.

This picture was taken around the 1940’s when Fraiburgo was not even called Fraiburgo *Butiá Verde. Well, many things have changed ever since, but the core aspects remain the same such as the lake and the shape of some streets and our beloved chimney. At that time the economy was entirely based on sawmils. Click on the picture to enlarge it.

 Galeritchos, 

Dando uma bizoiada (olhar com os dois olhos) nessa foto panorâmica do Frai no anos 4o, quantos sentimentos e lembranças sobrepõe a visão tchozinhos(as)?

Continue lendo

Tradição Junina

As festas juninas no Frai são memoráveis, pois é o grande momento do ano onde todos os tchozinhos e tchozinhas vão celebrar a vida vestidos de tchozinhos e tchozinhas. Nesse sentido, a grande maioria das pessoas com quem converso lembram das tradicionalíssimas festas do colégio Gonçalves Dias com aquelas pescarias, prisões, espetinho, quentão, corrida de uns cavalinho num trubisco lá que não lembro o nome, fogos de artificio, friozão e etc. Agora, por incrível que pareça, não tenho fotos de tal festa. No entanto, aqui está um registro histórico marcante da festa junina do jardim “Pingo de Gente”, bem na época em que a minha galera ainda era galerinha! Saudades desse tempo. Reparem no equilíbrio das cores dos desenhos e com as roupas, na serragem no chão, nos olhares faceiros, na complexidade dos vestidos, na pose com mãozinhas na cintura da Carol (terceira da esquerda para direita). Não de deixar deixar de reparar como que a piazadinha se organizou na frente das prendinhas, que povinho organizado né tchô? O meu pai, lá na antiga “ArteCouro”, faturava alto na venda das botas da galera, só tenho dúvida se foi ele que fez aquela bota vermelha com ponta de metal altamente chique :). 

Kelly Benetti Tonani Tosta, Patrícia Schneiker Lemos, Caroline Pirolli, Valesca Gomes, Burda Juliano, Cassia Dias, Nadielli Vinicio Stanguerlin Moraes, Rafael J. Deitos, Camila Biscaro Borges, Juliano Schneiker and Renata Costa. – Prof Nádia com o Estefan.