Entrevista com o criador do fraicebook / Interview with author of the fraicebook

Mark Tchozenberg comenta sobre Fraiburgo e o comportamento dos Brasileiros na sua rede social…

Mark Tchozenberg speak about Fraiburgo and the behavior of Brazilians in his social network…

Reporter : Você recentemente fez duras críticas ao comportamento dos Brasileiros no fraicebook, você se arrepende da polêmica que causou?
MARK: De jeito nenhum, eu continuo achando que se deixarmos os Brasileiros soltos eles vão orkutizar, não só o fraicebooki, mas o mundo todo. Os Brasileiros estão usando nosso sistema como se estivessem dirigindo com 51 pontos na CNH, achando que podem sair atropelando os comentários de qualquer um a torto e direito. Aqui não é bem assim, nós criamos uma constituição no Fraicebook em 1988 onde cada usuário deve ser bloqueado da rede social por mau comportamento e tentativas de orkutização do espaço público.  Por isso não mudo meu pensamento sobre os Brasileiros.

Reporter: You recently has heavily criticized the conduct of Brazilians in fraicebook, you regret creating such a controversy?

MARK: No way, I still think if we let the Brazilians free we tend to orkutilize not only the fraicebook, but the whole world. The Brazilians are using our system as if they were driving with 51 points in their driver’s licence (forbidden), they cannot act thinking they can run over anybody elses comments. Here we have control, we create a constitution in 1988 in Fraicebook where each user should be blocked from the social network for bad behavior and attempts to orkutization of public space and therefore do not change my perception thinking about the Brazilian behaviour.

Reporter: Mas você acha que há como mudar este comportamento tão típico do Brasil?

MARKI: Bom, veja bem… nem todos os Brasileiros são assim. É preciso considerar que tem muita gente honesta, engraçada e criativa que respeita as regras naquele país e que ainda fazem um excelente uso do Fraicebook. Um grande exemplo são os Tchô de Fraiburgo.

Reporter: But you think there is a way to change this tipical Brazilian behavior on the network and in the country itself?
Marki: Well, not all Brazilians are like that. Note that there are many people honest, funny and creative who respect the law in that country and still make excellent use of Fraicebook. A great example of this comes from the TCHOs of Fraiburgo.

Reporter : Mark, o que você quer dizer com os “tchô de Fraiburgo”, o que é isso?

MARK: Ahh sim, desculpa. Esse é um termo novo até pra mim. Aprendi recentemente num dicionário de Inglês-Fraiburguês. Tchô se refere a um indivíduo (personagem) que vive na região da grande Fraiburgo em Santa Catarina – Brasil. Você que é Brasileiro deve conhecer essa cidade, não? Você é paulista por acaso? Fraiburgo é a terra da apple (maçã), do licor e da maçã do amor…dos dinossauros, do Tchô Quenorris, do caminhão enterrado, da Arnoldo Frey road.. do Michuim…da geada, do handebol, xadrez, volley, lago das araucárias, das cachoreiras escondidas, taquaroçu, butiá verdade…etc… não conhece mesmo?

Reporter: Mark, what do you mean by the TCHO of Fraiburgo, what is it?

MARK: Ahh yes, sorry. This is a new term for me too. I learned recently in a English-Fraiburguese dictionary, where TCHO refers to an individual living around Fraiburgo in Santa Catarina Brazil. As you are Brazilian you ought to know this town don’t you? by the way are you from São Paulo or so? Fraiburgo is the land of apples, the dinosaurs, the TCHO Quenorris, the berried truck … the Arnoldo Frey road… the Michuim… frost, handball, chess, volleyball, Araucárias leke, the hidden waterfalls and etc. Don’t you really know that?

Reporter : Infelizmente não conheço, mas lá no sul não é tudo gaúcho?

MARK: pois é, eu também achava que era, mas também, quem é que conhece o Brasil de verdade? Sorte que apareceu um blog bilíngue (português/inglês) dum tchó do Frai contando desse povo acolhedor de alma limpa, com uma cultura engraçada, meio própria… que não é nem gaúcha e nem mané (barriga verde). É interessante ver as coisas que eles compartilham no fraicebook muitas vezes. É esse tipo de comportamento antiorkutização que os Brasileiros deveriam ter no Fraicebook. Eles tem uma capacidade extraordinária de criar humor encima de qualquer coisa, possuem uma arquitetura própria, um dialeto nativo e expressões que só um tchô puro entende, um lago super massa no centro da cidade, cachoeiras nos arredores, gente bonita, o pôr do sol mais colorido do Brasil e principalmente estudantes desbravadores que se pinxam no mundo todo atrás de conhecimento, etc. É pra esse tipo de gente que nós do Fraicebook ainda mantemos esta rede funcionando no Brasil, mesmo apesar de todas as tentativas de orkutizacao dos brasileiros em geral. Pra mim Fraiburgo é umas das cidades mais bonitas do Brasil e a piazada lá e promissora…

Reporter: Unfortunately I don’t, but down there in the south everyone is Gaucho right??
MARK: yeah, I also thought that too, but infact who knows Brazil very much? Lucky a bilingual blog appeared provinding information about the city its people. They seem to be very friendly with a clean soul clean, funny with its own culture, which is definetly neither Gaucho nor Mané (the green belly in the cost of the state). It is interesting to see things they share in fraicebook. It is this kind of behavior antiorkutização that the Brazilian should have on Fraicebook. They have an extraordinary ability to create humor on top of their own tragedies, have a unique beauty, an architecture, a native dialect and expressions, a beautiful lake in the city center, waterfalls, beautiful people, the most colorful sunset and clouds in Brazil and a group of hilly skilled students who are studying worldwide to bring knowledge to Brazil and that’s is very nice…It is for that kind of people that we asn Fraicebook organization still keep this network running in Brazil, even though all attempts to Brazilian orkutization or our system. For me Fraiburgo is one of the most beautiful cities in Brazil…

Reporter: Mas você acha que Fraiburgo é mais bonita até do que São Paulo?
MARK: Você está de brincadeira, só pode! Comparar Fraiburgo com São Paulo, a cidade mais orkutizada do país é sacanagem…pelo jeitão dos Fraiburguenses na rede social eles vão tomar cuidado para, nas próximas eleições, não elegerem pessoas capazes orkutizar o lugarzinho deles. Isso é muito legal e seria bom se os demais Brasileiros copiassem essa ideia genial de não orkutização do mundo real. E você, vê se volta pro Brasil e vai conhecer melhor o teu país, nem que seja pelo orkut mesmo.

Reporter: But you think that Fraiburgo is even more beautiful than São Paulo?
Mark: Are you kidding me? To compare Fraiburgo with Sao Paulo, the largest the most orkutinized city in the country must be a joke. By the mind set and the behaviour of the Fraiburguense people on the social network I am sure they will watch out for the next election and will elect people who can orkutinize their lovely town. This is a really cool thing and it would be nice if others cities in Brazil copy this genius idea of not orkutization of the real world. By the way, you as Brazilian should go back to your country and study more about it even if you still use orkut, I can’t accept you don’t know Fraiburgo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>