Farmácia essência

Piazada, hora da apresentação nacional e internacional da Farmácia da Essência dos Tchô de Fraiburgo, conhecida também como Farmácia Essência ou Farmácia do Marquinhos, a qual é a primeira a oferecer serviços de tradução de bula em tempo real do linguajar técnico farmacêutico para o Fraiburguês e receitas de remédio do Fraiburguês com letra de médico para Fraiburguês falado. Tá, mas isso faz muita diferença no meu tratamento? Eu vou contar uma história curta mas dramática desse problema de comunicação interpessoal e da saúde pessoal dos tchô.. 

  Certa vez o tchozinho do Frai resolveu jogar bola com os estudantes internacionais na universidade lá na Holanda. Só que tem um problema, quando o assunto é o futebol, é muito chato e até perigoso ser brasileiro. Eu nunca tinha jogado com aquela piazada lá e quando a bola parava no meu pé, mesmo que sem querer, o pessoal me olhava como se fosse um gênio da lampada e o time adversário vinha direto na canela, carrão, paleta, lombo, ante-braço, zóio e etc. Resultado, perna dum lado, joelho do outro e Tchozinho estaquiado se esperniando no chão. Isso é uma pena por dois motivos, primeiro você pode se machucar feio mesmo estando ali só pra brincar,  segundo não importa o quanto você se esforce nos estudos e projetos ou o que for, o Brasileiro só é reconhecido no exterior pelo maldito futebol…Enfim, atorando um poco a história, fui parar no hospital com o joeio em lasca e esgualepado e os atendentes lá não falavam quase nada de inglês, escutar o que eles falavam tecnicamente em holandês era a mesma coisa que ouvir o pato Donald falando chinês, não dava pra entender nada, que aflição, nínguem pra me acudi, zulivree e que dor tchô! Dai me pergunta, o que tá acontecendo com meu joeio? De certo que se tivessem me dito – O piá o teu joeio tá debuiado, não adianta tentá espichá que não vai e tamém cuidado pra não da uma guinada de vereda….blablabla Despois disso, apesar da dor, eu estaria bem mais tranquilo. Moral da história, o papel do bom profissional da saúde é conhecer profundamente o problema e falar isso na língua do tchô que ele atende…

Concluindo, onde que fica essa farmácia em estilo neo-clássico-pos-moderno-bauhaus-Fraiburguense e que entende o que eu digo e fala o que eu escuito ou perciso? Fácil, fica quase na verada do Lago das Araucárias perto do posto de Saúde. Boa sorte tchozinhos e tchozinhas, melhoras no tratamento do que quer que seja e não deixe de consultar o médico antes (importante que falem sua língua tamém) :).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *