Roger Biau, o pai da maçã Brasileira / The Father of Brazilian apples

C’est la vie! Missão cumprinda e hora de voltar para casa. Este post é uma singela homenagem do Lá no Frai ao ilustríssimo senhor Roger Biau, uma das maiores personalidades da história de Fraiburgo e talvez do Brasil, contribuindo fundamentalmente para o desenvolvimento da maçã neste país e no carácter sócio-econômico-arquitetônico do meio oeste catarinense. Sua moradia, o famoso “Castelinho”, um dia foi um sonho e hoje é um dos pilares do grande e mais promissor complexo cultural e turístico de Santa Catarina. Fica por nossa conta, Fraiburguenses do Frai e do restante do mundo, apreciar sua história de vida e aprender o que pudermos para continuar construindo uma cidade modelo, cada vez mais desenvolvida, bonita, organizada e justa para todos. Poderíamos pensar em uma estátua deste homem em algumas daquelas pequenas ilhas ou em algum outro ponto do nosso querido lago das araucárias?  Merci beaucoup Roger.

Guys, this French man “Roger Biau” is retiring of his life mission in Brazil when in 1963 he came to the middle of nowhere in the coutryside of Brazil to check the tecnical fiseability of large scale apple production in Brazil.  After years intense research and pioneering they were able to introduce Brazil apples to virtually the whole country. Now with 82 years old he is moving back to his beloved home coutry where the rest of his family is living and awaiting for his precious presence. We are extremely thankful of his achievements and life examples and hope we can learn more about it to continue working on the laborious development of this city. Thanks Mr. Roger of everything and best wishes for your new life in France, c’est la vie. 

Por Ana Cristina França

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *